Datena chora ao saber da morte de um colega de trabalho ao vivo

Datena chora ao saber da morte de um colega de trabalho ao vivo

Jornalista não informou se a morte foi devido ao novo Coronavírus

O jornalista Datena se emocionou ao receber a notícia da morte de um colega de trabalho nesta última segunda-feira, ao vivo,  e chorou durante exibição do Brasil Urgente, na TV Band.

“Tem horas que é difícil a gente trabalhar com esse negócio aqui”, desabafou o apresentador.

Datena recebeu a notícia da morte de Wilson, cinegrafista que segundo o apresentador, trabalhou com ele durante anos em coberturas esportivas e por isso, eram próximos.

Visivelmente abalado, o apresentador disse: “Tive uma notícia muito triste agora. Um menino que trabalha aqui com a gente, um menino quase da idade dos meus filhos teve que ir embora, o Flávio, e eu não sabia o porquê”.

Mais tarde, Datena explicou no programa que Flávio era filho de Wilson. “O pai dele, que foi um grande irmão nosso, o Wilson, cinegrafista, trabalhou em tanta cobertura esportiva com a gente. Nós rodamos o país inteiro, o mundo inteiro. Ele acaba de morrer. Wilson, um dos maiores cinegrafistas que trabalhei na minha carreira. Tem horas que a vida é difícil. Era um companheiro tão bacana, um menino tão bom,

tão capaz”, disse o apresentador.

“As nossas relações naquela época eram relações de quase irmãos com todos que trabalhavam juntos. Hoje, a condição de competição por causa de emprego parece que distancia mais as pessoas. Poxa vida, que o Wilson descanse em paz”.

“Um amigo tão querido, um sujeito que não erguia a voz com ninguém. Era um cara grandão para caramba, nunca vi brigar com ninguém. Que tristeza, o filho dele estava trabalhando aqui com a gente. Até parecia com ele. Estava ali agora, eu perguntei para o Latino o que tinha acontecido, pois ele tinha saído do posto que estava. O Latino não quis me dizer, mas agora chega a triste notícia do falecimento do Wilson”, afirmou Datena, emocionado devido à perda.

“Tem horas que é difícil a gente trabalhar com esse negócio aqui, muito difícil”, concluiu o jornalista, que mudou de assunto. No final do telejornal, Datena reforçou o sentimento de tristeza e desejou que o colega  “descanse em paz”. Datena não informou se a morte foi ocasionada pelo novo Coronavírus, mas muitas pessoas desconfiam que sim.